Nós temos a possibilidade de visitar o melhor destino do mundo – Portugal! É a nossa oportunidade de apostar no turismo interno e de ir para fora cá dentro, de optar pelo que é nosso, pelo que é autêntico, ajudando lugares e pessoas a reerguerem-se e a recomeçarem.

Assumindo-se como um dos maiores motores da economia do país, e segundo dados do Turismo de Portugal, em 2019, o turismo possibilitou o aumento de emprego na área, diversificou os mercados, notou um crescimento mais acelerado do mercado interno relativamente ao mercado externo, e foi merecedor de diversos prémios.

Com o devido mérito, o turismo em Portugal adivinhava um futuro promissor, sendo um destino cada vez mais escolhido e apreciado nas diversas alturas do ano. O inesperado aconteceu e, vivendo em contexto de Pandemia Covid-19, vimos fronteiras serem fechadas, viagens adiadas e a necessidade de ficar em casa para nos mantermos seguros, o que gerou uma enorme quebra neste setor económico.

Agora que temos a possibilidade de, aos poucos, retomar a normalidade e recomeçar, de forma consciente e segura, consideremo-nos uns sortudos por o podermos fazer no nosso país. Portugal é sinónimo de recomeços na praia ou na serra, no mar ou no rio, no património e na natureza, na cultura e na tradição.

Nós temos a possibilidade de visitar o melhor destino do mundo – Portugal. É a nossa oportunidade de apostar no turismo interno e de ir para fora cá dentro, de optar pelo que é nosso, pelo que é autêntico, ajudando lugares e pessoas a reerguerem-se e a recomeçarem.

É nesta busca de sítios mais calmos e seguros, ausentes de multidões, que Portugal nos brinda com pontos do mapa irresistíveis, muitas vezes desconhecidos ou desvalorizados. Pertencente ao distrito de Aveiro, localizado na região Centro de Portugal, a poucos quilómetros das praias e serras da mesma, encontramos o Município de Anadia. Sub-região da Bairrada, Anadia conquista-nos pela diversidade de coisas que aqui se podem descobrir e fazer.

As suas paisagens cobertas de vinhedos, caves e adegas, conferem-nos um aspeto rural com tons verdes, mas também um toque de modernidade. Na tentativa de manter um contacto próximo, é-nos permitido visitar estes espaços, provar os vinhos, participar nas colheitas e até, para os mais aventureiros, percorrer as vinhas em buggies. Em Anadia, encontramos ainda o Museu do Vinho e o Aliança Underground Museum, com outras exposições de arte. Muitas outras atividades e percursos criados pela Rota da Bairrada.

Se as vinhas e os vinhos são um dos ex-libris do Município, os mesmos servem de acompanhamento e harmonizam toda a gastronomia típica que não se deixa ficar para trás.

A calma e o bem-estar que as suas paisagens oferecem, e que agora se pretendem alcançar mais que nunca, tiram ainda partido dos vários parques do concelho e das famosas zonas termais da Curia e Vale da Mó.

Nesta fase final de verão e com o iniciar da época das vindimas que enchem as nossas paisagens de dinâmica, Anadia oferece locais para dormir, comer e passar um bom bocado à noite de elevada qualidade, a que se se soma a hospitalidade e simpatia dos habitantes locais, fazendo sentir todos em casa, e com cada vez mais certezas e esperanças de que efetivamente vai tudo ficar bem.