Não estás farto de andar com os livros às costas?”, foi com este slogan que começou esta semana a iniciativa da Volta Nacional do Secundário da Juventude Social Democrata.

O objetivo desta iniciativa é alertar para a necessidade de a Escola se adaptar ao século XXI, modernizando-se e adaptando-se às novas tecnologias, defendendo a JSD:

  • A substituição do papel por livros digitais;
  • Aulas em regime E-Learning;
  • Salas de aula equipadas com tablets e computadores.

Para além disso a JSD quer ainda reafirmar junto dos jovens estudantes a sua posição quanto à aposta na educação não formal e quanto a uma maior valorização da disciplina de educação física.

 

A primeira semana da VNS ficou marcada pela ida à Região Autónoma da Madeira e à Distrital de Lisboa AM.

Os dois primeiros dias da VNS, 17 e 18 de Outubro, foram na Madeira, sendo que fomos tanto a escolas secundárias como a institutos do ensino superior:

  • Escola Básica e Secundária Padre Manuel Álvares (Ribeira Brava)
  • Escola Básica e Secundária do Carmo (Câmara de Lobos)
  • Universidade da Madeira (Funchal)
  • Instituto Superior de Administração e Línguas (Funchal)
  • Escola Básica e Secundária de Machico (Machico)
  • Escola Básica e Secundária de Santa Cruz (Santa Cruz)
  • Escola Básica e Secundária Dr. Ângelo Augusto da Silva (Funchal)
  • Escola Secundária Jaime Moniz (Funchal).

O dia 19 de Outubro decorreu na Distrital de Lisboa AM, e fomos às seguintes escolas:

  • Escola Secundária da Ramada (Odivelas)
  • Escola Secundária Pedro Nunes (Lisboa)

 

 

Fotografias da Semana 1 da Volta Nacional ao Secundário aqui.