JSD apresenta moção sobre Moçambique à Juventude do Partido Popular Europeu

A Juventude Social Democrata apresentará uma moção sobre a crise humanitária que se vive em Cabo Delgado, Moçambique, ao Council Meeting da Juventude do Partido Popular Europeu (YEPP), que se reúne hoje e amanhã em formato digital.

Com a apresentação desta moção, a JSD volta a condenar os atos de terrorismo e violência extrema praticados em Cabo Delgado, em Moçambique, pelos grupos terroristas Ansar al-Sunna, que estão a causar uma crise humanitária sem precedentes na região, com crianças, jovens e mulheres a serem particularmente afetados e com registo de assassinatos e decapitação de crianças.

A moção da Juventude Social Democrata neste fórum da Juventude do Partido Popular Europeu apela para a necessidade de uma ação coordenada da União Europeia com o Governo de Moçambique no combate à crise humanitária, bem como, para a necessidade de auxiliar o povo de Cabo Delgado ao nível do acesso à educação e criação de infraestruturas básicas.

Esta não é a primeira vez que a JSD faz ouvir a sua voz sobre o drama que se vive em Cabo Delgado. Em novembro de 2020, a Juventude Social Democrata apelou ao Governo Português para que disponibilizasse todo o apoio necessário ao Povo Moçambicano. Mais recentemente, no passado dia 19 de abril, a JSD apelou a António Guterres para o envolvimento da ONU na solução da crise humanitária de Moçambique.

Outros artigos