JSD apresenta moção sobre Saúde Mental ao Congresso da Juventude do Partido Popular Europeu

A Juventude Social Democrata apresentará uma moção sobre Saúde Mental ao Congresso da Juventude do Partido Popular Europeu (YEPP), que terá lugar nos dias 01, 02 e 03 de julho, em Bruxelas e em formato digital, e que irá culminar com a reeleição da nossa companheira Lídia Pereira.

Com a apresentação desta moção, a JSD volta a colocar na agenda este tema que tem sido agravado pelas consequências da pandemia da Covid-19. A JSD tem assumido a Saúde Mental das Novas Gerações como uma das suas prioridades políticas e considera ser um imperativo que a União Europeia também o faça, pelas consequências inerentes ao contexto pandémico em que vivemos.

A moção da Juventude Social Democrata neste Congresso do YEPP apela para a necessidade de uma ação coordenada da União Europeia para pôr em prática um conjunto de propostas que visam ajudar as pessoas que sofrem algum tipo de perturbação psiquiátrica.

Portugal é o 2º país da UE com maior prevalência de doença mental e o 5º da OCDE com maior consumo de medicamentos antidepressivos, e, como os outros países europeus, o número de pessoas com estes problemas de saúde tem vindo a aumentar de maneira acentuada, tendo em conta o novo modo de vida que tivemos que adotar para fazer face à pandemia que ainda estamos a viver.

Esta não é a primeira vez que a JSD coloca na sua agenda o tema da saúde mental. No passado mês de fevereiro, a Juventude Social Democrata apresentou na Assembleia da República um conjunto de 20 propostas para um compromisso com a Saúde Mental nas novas gerações em Portugal, no sentido de recomendar ao Governo respostas mais ativas neste âmbito.

Outros artigos