A Juventude Social Democrata colocou hoje um outdoor à porta da Festa do Avante com a mensagem “Assim só a COVID levará Avante”. Com esta iniciativa, “a JSD pretende manifestar a sua total discordância com a realização de um festival que junta milhares de pessoas em plena pandemia”, afirma o Presidente da JSD, Alexandre Poço.

A Juventude Social Democrata partilha o sentimento de incompreensão geral dos portugueses, que não entendem a realização deste festival em plena pandemia. “É inconcebível juntar 16 mil pessoas no mesmo espaço para a realização de uma festa, num ano como este em que eventos similares estão proibidos”, critica Alexandre Poço.

A JSD não entende os motivos do PCP em insistir com a realização da Festa do Avante em plena pandemia. “Se o PCP queria realizar um evento com milhares de pessoas, existem hoje soluções tecnológicas que o permitem, sem colocar em risco a segurança e a saúde de todos. Este é um mau exemplo que um partido político dá ao país e aos portugueses”, diz o líder da JSD.

A Juventude Social Democrata critica também o Governo do Partido Socialista, que “com dualidade de critérios, é conivente com esta organização, num jogo de troca de favores entre António Costa e o PCP. É um “toma lá, dá cá” entre o Governo socialista e os comunistas cujo resultado conheceremos no dia da aprovação do próximo Orçamento do Estado”, critica Alexandre Poço.

A Juventude Social Democrata demonstra a sua solidariedade com todos os moradores e comerciantes do Seixal, bem como, com os profissionais de saúde e as forças de segurança destacados para um evento que não devia acontecer este ano.