A Juventude Social Democrata questionou hoje o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior a propósito da gravíssima situação que veio a público de estudantes deslocados das Residências Universitárias da Universidade de Lisboa, que foram transferidos para uma Pousada da Juventude sem condições.

O alojamento estudantil em residências estudantis é a única forma que milhares de alunos têm para conseguir prosseguir com a sua formação no Ensino Superior, sobretudo se atendermos ao número de alunos deslocados que frequentam este nível de ensino.

No passado dia 3 de agosto, a Juventude Social Democrata manifestou a sua preocupação com o planeamento e a preparação destes espaços tendo em conta a situação e pandemia que atravessamos e as várias orientações emanadas pela DGS relativas ao distanciamento físico e os cuidados redobrados em espaços fechados.

Na mesma data salientámos a importância de informar os milhares de alunos e seus familiares das condições de funcionamento dos espaços comuns destinados a alunos do Ensino Superior, bem como as respostas que seriam colocadas em prática. Estes mesmos espaços devem ser guarnecidos com planos de contingência de modo a antecipar e orientar situações de cadeias de transmissão ou casos suspeitos de infeção.

Fomos surpreendidos esta semana pela existência de alunos, que estando infetados pelo SARS-CoV-2, foram deslocados das Residências Universitárias da Universidade de Lisboa, como forma de mitigação da propagação da infeção, para uma Pousada da Juventude que não reúne as condições mínimas para servir de alojamento estudantil. São referenciados quartos pequenos e casa de banho partilhados por vários alunos, espaço para estudo e condições de acesso a internet que não permitem o acompanhamento à distância das atividades letivas, refeições e condições de higiene precárias. Para além de não estarem acauteladas as condições mínimas de Saúde Pública ou de habitabilidade, esta situação coloca uma sobrecarga sobre o estado psicológico dos estudantes.

Os Deputados da JSD questionaram hoje o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior sobre este assunto:

  1. A tutela tem conhecimento deste caso descrito? Existem outros casos similares em residências de estudantes?
  2. Estão a ser colocados em prática os planos de contingência nas residências de estudantes perante o aparecimento ou suspeita de infeção pelo SARS-CoV-2?
  3. Que mecanismos e meios o Governo alocou aos Serviços de Ação Social do Ensino Superior para fazer face ao regresso dos estudantes às residências?

A JSD continua ao lado dos Estudantes!